Diretor financeiro da Vulcabras deixa o cargo; Pedro Grendene assume

Por  Natalia Viri | Valor Econômico

SÃO PAULO - O conselho de administração da fabricante de calçados Vulcabras deliberou pela saída de Edivaldo Rogério de Brito dos cargos de diretor de relações com investidores e de finanças da companhia. Segundo comunicado divulgado há pouco, o diretor-presidente, Pedro Grendene, assumirá interinamente os cargos.

Grendene, que também é presidente do conselho de administração, assumiu o comando da Vulcabras no fim de julho, no lugar de Milton Cardoso, que estava à frente da Vulcabras há 15 anos.

A entrada de Grendene na direção da companhia ocorre após os fundos Pátria e Blackstone desistirem do aporte de R$ 500 milhões que estava sendo negociado com a fabricante de calçados.

<< Veja todas as notícias