Cosan define novo conselho para compor a Comgás

Por Mônica Scaramuzzo | De São Paulo| Valor Econômico

O grupo Cosan concluiu a compra dos 60,1% da Comgás, a maior distribuidora de gás canalizado no país. Na quinta-feira, a companhia fará anúncio oficial no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo. O Valor apurou que a diretoria da Comgás deverá permanecer a mesma, pelo menos por enquanto. Os cinco membros do conselho de administração da Comgás, ocupados antes por executivos da petroleira inglesa BG, ex-controladores, foram definidos e um novo cargo foi criado para a companhia de gás.

Farão parte do novo conselho de administração da companhia o empresário Rubens Ometto Silveira Mello, fundador do grupo; Marcos Lutz, presidente da Cosan; Marcelo Martins, vice-presidente de finanças e relações com os investidores; Luiz Guimarães, da Cosan e que foi nomeado diretor de operações da Comgás (COO), cargo que não existia na gestão da empresa; e Luis Domenech, presidente da empresa de gás. São nove o total de conselheiros. Os outros quatro já ocupavam a cadeira, como André Lopes de Araújo, da Shell, Alexandre Cerqueira da Silva, também da Shell, empresa acionista da companhia, Sérgio Fialdini Neto, além de Jurandilson Carvalho Fernandes, que representa os empregados da Comgás.

A Cosan anunciou em maio a compra dos 60,1% da Comgás, fatia que pertencia à BG. O valor foi de R$ 3,4 bilhões – dos quais R$ 3,3 bilhões serão financiados pelos bancos Itaú e Bradesco, com prazo final de oito anos, bem como dois anos de carência do principal. Essa transação já tinha sido aprovada pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica).

Analistas ouvidos pelo Valor acreditam que a incorporação da Comgás pela Cosan trará maior estabilidade à companhia, uma vez que o grupo está concentrando seus negócios em operações menos voláteis, como é o caso da divisão de açúcar e álcool, considerada mais arriscada. A Comgás é a maior distribuidora de gás natural encanado do país, com uma rede de mais de 9 mil quilômetros, e atende mais de 1 milhão de consumidores nos segmentos residencial, comercial e industrial.

A aquisição da Comgás tem como objetivo complementar estrategicamente o portfólio de negócios do grupo, informou a companhia em relatório divulgado pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Em relação aos novos membros do conselho, a companhia não se pronunciou.

Os papéis da Cosan fecharam ontem a R$ 39,80, recuou de 0,13%. No ano, acumula alta de 50,41%.

<< Veja todas as notícias